Última hora

Última hora

Grandes bancos europeus precisam de mais capital, diz OCDE

Em leitura:

Grandes bancos europeus precisam de mais capital, diz OCDE

Tamanho do texto Aa Aa

Os grandes bancos europeus precisam de mais capital de forma a contribuírem para a aceleração da recuperação económica, defende o secretário-geral da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Europeu), que se deslocou esta terça-feira, ao Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Em entrevista exclusiva à euronews, Angel Gurría, disse que “não é suficiente que os bancos não declarem falência. Eles têm de voltar a emprestar dinheiro, o que não está a acontecer. Os governos podem ajudar ao providenciar garantias ou incentivos tais como partilhar algumas das perdas iniciais”.

Uma política fundamental para ajudar os países periféricos e alvo de resgate da troika, como a Grécia.

Angel Gurría visita o país, na quarta-feira, para apresentar um relatório de recomendações para a administração pública e competitividade.

Para o secretário-geral da OCDE, “um país como a Grécia, ainda sob assistência, é vulnerável e precisa de mais apoio. Há trabalho a ser feito em termos de cobrança de impostos e de privatizações. Também é preciso fazer mais ao nível de elementos fundamentais para a competitividade, tais como a educação e a inovação. Não é algo imediato, vai levar algum tempo.”

A Grécia tem de chegar a acordo com a troika quanto às suas contas públicas e reformas antes de assumir a presidência rotativa da União Europeia já a 1 de janeiro.