Última hora

Última hora

Alemanha: CDU e SPD chegam a acordo para coligação no novo mandato de Merkel

Em leitura:

Alemanha: CDU e SPD chegam a acordo para coligação no novo mandato de Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

Os alemães vão ter no sapatinho de Natal um governo de coligação entre as duas maiores forças políticas. A CDU da chanceler Angela Merkel e o SPD, na oposição, chegaram a um acordo de principio para o futuro executivo, dois meses depois das eleições que deram uma magra vitória aos democratas cristãos.

O secretário-geral da CSU explica o processo. “Foi muito intenso, um trabalho muito duro, mas acho que o resultado é bom para o nosso país. Também posso afirmar que tem uma forte marca conservadora”, diz Herman Groehe.

O documento com as linhas mestras do acordo político tem 185 páginas e vai ter que ser aprovado pelos militantes social-democratas, muitos deles, céticos em relação a uma nova aliança com os rivais.

“Foi uma negociação difícil até ao fim, mas foi bem sucedida, tanto quanto nos diz respeito. Impusemos dez pontos do programa de partido”, declara Andrea Nahles, secretária-geral do SPD.

Para conseguirem o acordo, os conservadores de Merkel tiveram que concordar com a exigência social-democrata de um salário mínimo nacional de 8 euros e 50 por hora.

Aprovação definitiva da coligação deverá acontecer antes do Natal.