Última hora

Última hora

Aviões japoneses e sul-coreanos sobrevoam ilhas reclamadas pela China

Em leitura:

Aviões japoneses e sul-coreanos sobrevoam ilhas reclamadas pela China

Tamanho do texto Aa Aa

Cresce a tensão em torno das ilhas no Mar da China Oriental. Aviões militares japoneses e sul-coreanos atravessaram o autoproclamado espaço aéreo de defesa chinês. Desafiaram Pequim ao ignorarem a ordem para se identificarem às autoridades chinesas, uma exigência proferida no fim de semana, bastante criticada por Tóquio e Washington.

Os militares nipónicos ignoraram e vão continuar a ignorar a ordem chinesa com aviões e navios militares. “Não vamos deixar de fazer isto por causa da China”, afirmou o porta-voz do ministério da Defesa japonês, Yoshihide Suga.

Os chineses mostraram-se mais cautelosos, depois da subida de tensão provocada pelo o que alguns analistas consideram ter sido uma forma de, não só reclamar a soberania sobre os rochedos, mas também desafiar o domínio americano na região.

“A zona aérea de defesa não é um espaço territorial aéreo ou uma zona de exclusão aérea, é uma zona estabelecida por um país, fora do seu território, para alertas de segurança antecipados”, declarou o porta-voz do ministério da Defesa chinês, Yang Yujin.

Os recentes desenvolvimentos deverão ser abordados pelo Vice-Presidente norte-americano, Joe Biden, durante a visita à China, ao Japão e à Coreia do Sul na próxima semana.