Última hora

Última hora

Cimeira da Parceira Oriental: UE mantém portas abertas à Ucrânia

Em leitura:

Cimeira da Parceira Oriental: UE mantém portas abertas à Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

A não assinatura do acordo de associação entre a Ucrânia e a União Europeia marcou a terceira cimeira da Parceria Oriental, que decorreu em Vilnius na Lituânia. Mas os responsáveis de Bruxelas não fecham as portas a novas negociações com Kiev.

No final do encontro que juntou chefes de Estado e de Governo dos 28 Estados-membros e das seis antigas repúblicas soviéticas europeias e caucasianas (Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Geórgia, Moldávia e Ucrânia) foi deixado claro que a União não vai ceder à pressão da Rússia. Moscovo queria ter uma voz nesse acordo.

Nesta cimeira, a Geórgia e a Moldávia subscreveram pré-acordos de associação com a União Europeia. Neste encontro foi decidido também que o Azerbaijão e a União vão assinar um convénio para a facilitar a atribuição de vistos.