Última hora

Em leitura:

Judo: Hegemonia japonesa quebrada no último dia em Tóquio


Desporto

Judo: Hegemonia japonesa quebrada no último dia em Tóquio

Dez mil espetadores marcaram presença no último dia do Grand Slam de Tóquio e pela primeira vez desde o início da competição, a hegemonia nipónica foi quebrada.

Nas mulheres, a autora da proeza foi Marhinde Verkerk. A judoca holandesa derrotou a sul coreana Gyeong-Mi Jeong para conquistar a medalha de ouro nos -78kg.

Ainda assim, o público japonês teve oportunidade de festejar. Nos +78kg, Megumi Tachimoto revalidou o título conquistado o ano passado ao derrotar a compatriota Kanae Yamabe. Tachimoto garantiu assim o terceiro triunfo em Tóquio.

Nos homens, Masyu Beiker surpreendeu tudo e todos nos -90kg. O japonês, perfeito desconhecido, garantiu a maior vitória da carreira ao derrotar o sul coreano Kyu-Won Lee, campeão do mundo em 2009 e que até era o detentor do título na competição.

Finalmente, nos -100kg a vitória foi para o campeão da europa Lukas Krpálek. O checo impôs-se no combate decisivo ao canadiano Kyle Reyes.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

Desporto

Esqui alpino: Paris conquista Lake Louise