Última hora

Última hora

Manifestação contra o racismo em França

Em leitura:

Manifestação contra o racismo em França

Tamanho do texto Aa Aa

O racismo está a tornar-se descomplexado em França. Para alertar contra este perigo, alguns milhares de manifestantes saíram às ruas de várias cidades. Mas a mobilização foi menor do que a esperada. Em Paris, os organizadores da marcha falam em 25 mil participantes, enquanto a polícia afirma que eram apenas quatro milhares.

O primeiro-secretário do partido socialista e fundador da ONG SOS Racismo, Harlém Désir: “há uma palavra racista descomplexada que se está a espalhar e que se tornou banal nas últimas semanas. Ouvimos coisas que não podemos tolelar. Vimos manchetes em jornais de extrema-direita que comparam a ministra da Justiça a um macaco, vimos crianças manipuladas a lançarem-lhe bananas.”

A ministra francesa da Justiça, Christiane Taubira, é natural da Guiana. Os insultos de que foi alvo suscitaram uma reação indignada mas que muitos consideram insuficiente.

Há trinta anos, a 3 de dezembro de 1983, cerca de 10 mil pessoas participaram em Paris na Marcha pela Igualdade e Contra o Racismo. Foi a primeira manifestação antirracista em França.