Última hora

Última hora

Bolshoi: seis anos de prisão para mentor do ataque

Em leitura:

Bolshoi: seis anos de prisão para mentor do ataque

Tamanho do texto Aa Aa

Seis anos de prisão para Pavel Dmitrichenko, mentor do ataque contra o diretor artístico do teatro Bolshoi.

Esta foi a decisão da justiça russa que em julgamento deu, ainda, como provadas as acusações contra os dois cúmplices. O autor material do ataque foi condenado a 10 anos de cadeia, mais seis que o condutor do veículo que transportou o atacante.

Os réus ficam, ainda, obrigados a pagar uma indemnização por danos morais de cerca de 78 mil euros.

A defesa fala de uma injustiça e promete recorrer da decisão.

A vítima, Sergei Filin, de 43 anos perdeu uma grande parte da visão após o ataque com ácido sulfúrico. Foi submetido a mais de duas dezenas de operações e regressou ao trabalho em setembro, oito meses após o ataque.

Na origem da vingança terá estado a escolha de alguns bailarinos para determinados papéis.