Última hora

Última hora

Braço-de-ferro entre população e Governo intensifica-se

Em leitura:

Braço-de-ferro entre população e Governo intensifica-se

Tamanho do texto Aa Aa

Face à rejeição da moção de censura apresentada pela oposição contra o Governo, os ucranianos prometem resistir nas ruas. Milhares de manifestantes dirigem-se para a Praça da Independência, em Kiev. É aí que os líderes da oposição vão discursar. Depois, a população deverá dirigir-se para o Palácio Presidencial.

O braço-de-ferro entre a população e as autoridades intensifica-se. Yuri Yarinovsky, militante do partido nacionalista Svoboda (Liberdade), afirma: “O governo não tem a nossa confiança e nunca teve ao longo dos últimos três anos sob a autoridade de Ianoukovitch. Tudo deve ser feito de modo que este Governo funcione sem Ianoukovitch”, afirma Yuri Yarinovsky, membro do Partido da Liberdade.

Os manifestantes bloqueiam os acessos à sede do governo, no centro de Kiev. Os ucranianos respondem assim ao apelo da oposição para ocupar o centro político do país até a renúncia do Presidente. Viktor Ianoukovitch é acusado de ter virado as costas à União Europeia e é tido como o responsável pela repressão de manifestantes pró-europeus. Na Praça da Independência, o local emblemático da “revolução laranja” de 2004, a história repete-se.

Está em Kiev? Envie comentários, fotos e vídeos a testemunhar para: witness[at]euronews.com