Última hora

Última hora

Negm: "Poeta do povo" morre no Egito aos 84 anos

Em leitura:

Negm: "Poeta do povo" morre no Egito aos 84 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Com a sua poesia, enfrentou Nasser, Sadat e ajudou a derrubar Mubarak. Voz revolucionária e das classes oprimidas, Ahmed Fuad Negm nasceu em 1929 no delta do Nilo.

Viveu a vida de forma humilde, passou por um orfanato e trabalhou como pastor, experiências que impregnaram as suas obras com referências aos pobres e a denúncia das injustiças sociais no Egito.

Morreu, esta terça-feira, aos 84 anos.

“Ahmed Fuag Negm é o poeta do povo, estava sempre revoltado e ensinou muitas gerações”, declarou o artista Azza Balba durante o funeral do escritor, no Cairo.

Militante laico, enfrentou o poder com as palavras, uma liberdade de espírito que o fez passar, no total, 18 anos atrás das grades.

Tornou-se conhecido com os poemas sobre a guerra israelo-árabe e inspirou a revolta de várias gerações um pouco por todo o mundo árabe.