Última hora

Última hora

Parlamento Europeu quer reforçar proteção de dados

Em leitura:

Parlamento Europeu quer reforçar proteção de dados

Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas quer implementar regras mais restritas em matéria de proteção de dados. O Parlamento Europeu quer proteger os cidadãos de qualquer tipo de monotorização não autorizada. Estas intenções foram divulgadas numa reunião da Comissão dos Direitos Civis em Bruxelas.

O eurodeputado Axel Voss, responsável pelo relatório sobre esta matéria lembra que “questão da proteção dos dados deveria estar na agenda, porque é muito importante, porque já estamos a ficar para trás no desenvolvimento tecnológico e, portanto, precisamos de encontrar respostas. E quanto mais cedo o Conselho se envolver nesta questão, melhor será para todos. “

E a falta de proteção dos dados cidadãos europeus ficou ainda mais evidente depois dos casos de espionagem dos serviços secretos norte-americanos, revelados por Edward Snowden.
Axel Voss defende por isso que “devemos reforçar a proteção dos direitos individuais, por exemplo, para que todos tenham direito de informação, direito de excluir o acesso e correção da informação.”

Recorde-se que as actuais regras de protecção de dados europeus foram adoptadas em meados dos anos 90.