Última hora

Última hora

Tailândia: Pedras e paus dão lugar às vassouras

Em leitura:

Tailândia: Pedras e paus dão lugar às vassouras

Tamanho do texto Aa Aa

Depois dos protestos e dos confrontos, a calma… em Baguecoque, os manifestantes anti governamentais decidiram trocar as pedras e os bastões pelas vassouras. É que, na quinta-feira, o rei Bhumibol Adulyadej, faz 86 anos, um dia reservado à festa e à meditação.

Um tailandês afirma ser “tempo de limpeza, antes de felicitarem o Rei. Certamente vamos parar durante dois ou três dias”, diz.

Mas depois da pausa, a luta continua, a explicação é dada por outro residente de Banguecoque, depois do líder dos manifestantes ter apelado ao protesto. “Este é apenas mais um passo para a vitória, mas nada está ainda concluído”, argumenta.

Os ânimos acalmaram depois da polícia ter baixado os braços e deixado os manifestantes entrar na sede do governo, que esteve cercada durante vários dias.

Pelo menos cinco pessoas morreram em confrontos desde o fim-de-semana.