Última hora

Última hora

Atentado em Sanaa mata mais de meia centena de pessoas

Em leitura:

Atentado em Sanaa mata mais de meia centena de pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

Atentado ao hospital militar de Sanaa, no complexo do ministério da Defesa mata pelo menos 40 pessoas e uma centena de feridos.

Três médicos filipinos e um venezuelano contam-se entre as vítimas mortais assim como dois
colegas iemenitas.

Os atacantes visaram extamente o hospitalar militar

O atentado suicida foi seguido de assalto à mão armada, um modo de atuação atribuido à Al Qaeda .

Nos últimos meses, o país assiste a uma escalada de violência, especialmente contra o exército.

A maioria dos ataques são atribuídos à rede extremista Al- Qaeda que continua muito ativa no sul e sudeste do país.

O processo de transição política no Iémen, um dos países da Primavera Árabe , cuja revolta popular levou a uma partida negociado do ex-presidente Ali Abdullah Saleh, está bloqueado.

O diálogo entre todas as forças políticas devi ter terminado em Setembro mas enfrenta vários obstáculos incluindo exigências de autonomia sulistas .

O presidente Mansour Hadi, eleito em Fevereiro de 2012 por um período transitório deve conduzir o país a eleições gerais a serem realizadas com base numa nova Constituição.