Última hora

Última hora

Mais soldados a caminho da República Centro-Africana

Em leitura:

Mais soldados a caminho da República Centro-Africana

Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas aprovaram o reforço da presença militar internacional na República Centro-Africana.

No total, 1200 soldados franceses são esperados no país nos próximos dias. O objetivo é travar a onda de violência que só esta quinta-feira provocou mais de uma centena de mortos.

“Nos últimos 15 dias, e na tentativa de antecipar a decisão desta quinta-feira enviamos para o terreno especialistas de forma a organizar a chegada de reforços” refere Gilles Jarron, porta-voz do ministro da Defesa francês.

O reforço da presença militar francesa visa apoiar os 2500 efetivos que a União Africana tinha já enviado para a República Centro-Africana.

Os confrontos entre grupos rivais na antiga colónia francesa são cada vez mais frequentes. Alguns são dissidentes do Séléka que apoiou a chegada, em março, ao poder do atual chefe de Estado. Outros integram as chamadas milícias cristãs.

Na quarta-feira, pelo menos 12 pessoas foram mortas perto da capital por homens armados.