Última hora

Última hora

0028: Licença europeia para espiar

Em leitura:

0028: Licença europeia para espiar

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do escândalo americano com o programa de espionagem PRISM, na Europa está a debater-se a criação de uma agência comum de segurança que possa fazer frente a outras ações similares do exterior ou antecipar ataques à própria União Europeia. Mas estará Bruxelas preparada para juntar os 28 Estados Membros num projeto comum de defesa e segurança com licença para espiar?

Aos líderes nacionais, será pedido que invistam dinheiro, disponibilizem recursos e partilhem segredos com os parceiros a nível transnacional. Nem todos estão de acordo. É um dilema, repleto de questões, que vamos debater nesta edição do The Network com três especialistas sobre o tema: Sergio Carrera, investigador e responsável pelo Programa dos Assuntos Internos e Justiça no Centro de Estudos para as Políticas Europeias, o CEPS; Sophie In’T Veld, vice-presidente da Comissão do Parlamento Europeu para os Direitos Civis, Justiça e Assuntos Internos, e porta-voz dos serviços de inteligência e vigilância da UE para a Aliança pela Europa de Liberais e Democratas, o ALDE; e, por último, Tarja Cronberg, também deputada europeia e membro do Grupo Verdes e Aliança Livre Europeia.