Última hora

Última hora

A mais valia do Eramus+

Em leitura:

A mais valia do Eramus+

Tamanho do texto Aa Aa

Marie, Marselha: “Sem dinheiro, o programa Erasmus quase desapareceu no ano passado. Uma nova versão do programa de intercâmbio europeu chamado Erasmus + deve nascer em 2014. Em que consiste?”

Dennis Abbott, porta-voz da Comissão Europeia para as questões de educação: “Antes de mais não acredito ter havido risco do programa Erasmus desaparecer no ano passado. Houve um problema com o orçamento e uma queda, mas os Estados-Membros colmataram a diferença. Em termos de futuro, o Erasmus + é um novo programa que vai começar em janeiro de 2014. É maior e melhor do que o Erasmus.

Passo a explicar: o Erasmus, tenho certeza de que muitas pessoas conhecem, concentra-se na mobilidade de alunos e funcionários entre as universidades. O Erasmus+ concentra-se também na mobilidade de estudantes no ensino superior, mas também inclui oportunidades de estudo, formação ou voluntariado no estrangeiro, para alunos do ensino profissional, para os aprendizes, para professores, para jovens trabalhadores e para os voluntários. Cobre todos os nossos programas antigos concentrados nessas áreas e é muito maior em termos de números.

Se olharmos para os últimos sete anos: 2 milhões e meio de pessoas foram beneficiadas com bolsas para estudar, estagiar, trabalhar ou fazer voluntariado no estrangeiro. Nos próximos sete anos, a União Europeia vai pagar para que mais de 4 milhões de pessoas tenham essa experiência. Por que é que fazemos isso? Porque acreditamos que a experiência internacional no estrangeiro melhora as capacidades das pessoas e o seu grau de empregabilidade.”

Se também gostaria de fazer uma questão em U-talk, clique no botão abaixo: