Última hora

Última hora

Protestos prosseguem em Kiev no dia em que Ianukovich se reúne com Putin

Em leitura:

Protestos prosseguem em Kiev no dia em que Ianukovich se reúne com Putin

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, encontrou-se com o homólogo russo, Vladimir Putin, em Sochi, na Rússia, esta sexta-feira. Os dois chefes de Estado abordaram a cooperação comercial e económica, entre os dois países, em diversos setores, com vista à criação de uma parceria estratégica.

O governo ucraniano anunciou a 21 de novembro a suspensão da assinatura de um acordo de associação com a União Europeia. A decisão desencadeou protestos maciços em Kiev. Esta sexta-feira o primeiro-ministro, Mykola Azarov, perguntou aos manifestantes que continuam concentrados na capital o que desejam. Afinal, garantiu, o executivo já lançou um inquérito à atuação policial no fim de semana e a destituição do presidente é uma exigência inconstitucional.

Entretanto, a filha de Yulia Timoshenko anunciou que a mãe pôs fim à greve de fome, iniciada há 12 dias em solidariedade com os manifestantes que se concentram na Praça da Independência. A antiga primeira-ministra encontra-se a cumprir uma pena de sete anos de prisão por abuso de poder. A União Europeia exigia a sua libertação para assinar o acordo com a Ucrânia.

A oposição, que continua mobilizada, apelou a uma nova concentração maciça no domingo e lançou o aviso ao governo. Se a polícia tentar dispersar a manifestação, o executivo poderá ter entre mãos uma revolta nacional.