Última hora

Última hora

Festa das luzes atrai turistas a Lyon

Em leitura:

Festa das luzes atrai turistas a Lyon

Tamanho do texto Aa Aa

Começou por ser uma festa religiosa e é hoje um dos grandes eventos de Lyon.

A cidade francesa organiza todos os anos a Festa das Luzes, por ocasião da festa da Imaculada Conceição celebrada a 8 de Dezembro.

“Muitas cidades no mundo tentam copiar este modelo e promovê-lo porque sabem que a luz é algo mágico. Nas noites do mês de Dezembro a luz aquece o coração”, sublinhou Gérard Collomb, presidente da câmara da cidade.

Para a edição 2013, a artista francesa Chantal Thomas concebeu uma flor gigante. O estilista Jean-Charles de Castelbajac conhecido por vestir grandes estrelas como Madonna ou Lady Gaga procurou capturar o espírito da natureza em ambiente urbano com uma instalação chamada “Paraíso Perdido”.

Com a luz, é impossível não pensar em Deus, a luz dá-me esperança”, referiu Jean-Charles de Castelbajac.

Um túnel para peões, bicicletas e elétricos de quase dois quilómetros sofreu uma verdadeira metamorse graças à luz.

“Tentámos trabalhar e transformar as imagens. Através da anamorfose, deformámos as imagens para poder decorar a abóbada e o túnel”, explicou Hélène Richard, diretora artística do projeto.

O festival é organizado pela cidade com o apoio de várias empresas privadas. Para a câmara municipal de Lyon, a parceria é benéfica para ambas as partes.

A festa das luzes é paga em parte pela câmara e a outra parte é financiada por parceiros que a utilizam para promoverem as suas tecnologias. É um aspeto inovador, criamos um laço entre a cultura, a indústria e as empresas e conseguimos atrair turistas e promover a cidade”, afirmou Georges Képénékian, vereador da cultura da câmara municipal de Lyon.

“Dress codes” é o nome da instalação luminosa numa das mais antigas estações de comboios da cidade. A obra foi criada pela arquiteta de interiores Helen Eastwood.

“Queríamos fazer uma referência ao passado de Lyon ligado à indústria têxtil. Por isso a fachada foi decorada com temas ligados ao vestuário e à tapeçaria”, disse a arquiteta.

Nas margens do rio Rhone os artistas inspiram-se nos ninhos de pássaros. Eric Barry quis cirar um ambiente poético.

“Penso que a palavra certa para descrever a obra é Land Art. O nosso objetivo é exprimir sentimentos através da luz e poder sentir a luz através da matéria”, explicou o artista francês.

A artista plástica Li Li criou um recanto chinês num dos grandes parques da cidade. A instalação vai também ser exibida em Cantor na província chinesa de Guanndong.

A festa das luzes é hoje um evento extremamente popular. Na última edição, Lyon recebeu mais de três milhões de turistas do mundo inteiro.