Última hora

Última hora

Marry Barra ao volante da GM: mais uma mulher a chegar ao topo

Em leitura:

Marry Barra ao volante da GM: mais uma mulher a chegar ao topo

Tamanho do texto Aa Aa

Ao sentar-se ao volante da General Motors, Marry Barra torna-se na 23.a mulher a dirigir uma das 500 maiores empresas dos Estados Unidos.

Esta é a primeira vez que uma mulher é nomeada para um cargo de direção executiva na muito masculina indústria automóvel mundial.

Com 51 anos, Barra, que começou como estagiária e passou pelo desenvolvimento de produto e qualidade de todos os automóveis e camiões da General Motors é agora a presidente executiva do grupo, substituindo Dan Akerson.

“Trabalho na General Motors há 33 anos e sempre soube que é uma empresa fantástica. Os homens e as mulheres que trabalham na GM são extremamente dedicados. Acredito que temos a melhor equipa e é uma honra, para mim, liderá-la”, afirmou Mary Barra.

Mary Barra faz da construtora automóvel norte-americana a maior empresa do país a ser dirigida por uma mulher. Seguem-se a Hewlett-Packard, gerida por Margaret Whitman, e a IBM Corporation, liderada por Virginia Rometty.

As mulheres representam cerca de 50% da força de trabalho norte-americana mas detêm apenas 16,9% dos assentos nos conselhos de administração das maiores empresas do país.