Última hora

Última hora

Missão francesa na RCA deve durar seis meses

Em leitura:

Missão francesa na RCA deve durar seis meses

Tamanho do texto Aa Aa

A intervenção militar francesa na República Centro-Africana (RCA) está programada para durar seis meses. Paris mobilizou um contingente de 1.600 soldados com o objetivo de restabelecer a segurança no país e evitar um genocídio. A missão francesa, que recebeu a luz verde do conselho de segurança da ONU, deverá ser substituída a médio prazo por uma força de capacetes azuis

O presidente François Hollande, que efetuou uma paragem no país de regresso da África do Sul, declarou “que a França não busca nenhum interesse particular, nem tem nada a ganhar com a sua presença, nem reclama nenhuma influência injustificada. A França apenas pretende trazer algum alívio a uma população ameaçada por bandos de fora-da-lei.”

Os militares franceses têm desarmado elementos da comunidade muçulmana que pertenciam aos rebeldes seleka, mas que agora se queixam de falta de proteção.

“Estou furioso com os soldados franceses. É injusto o que fazem, eles protegem uns e abandonam outros. Eles estão aqui para proteger os centrafricanos mas só protegem os cristãos”, afirma um ex-rebelde.

Na segunda-feira, morreram os dois primeiros soldados da missão francesa. O ministro da Defesa, Yves Le Drien, reconheceu que o perigo na RCA é maior do que no Mali.