Última hora

Última hora

Senado uruguaio legaliza produção e venda de marijuana

Em leitura:

Senado uruguaio legaliza produção e venda de marijuana

Tamanho do texto Aa Aa

O Uruguai legalizou a produção e venda de marijuana. O país sul-americano é o primeiro do mundo a colocar sob autoridade do estado o cultivo de canábis. A lei aprovada na terça-feira à noite regula toda a atividade, enquanto em países como Holanda e Espanha, ou nos estados americanos de Washington e Colorado, a produção e o consumo são tolerados ou autorizados apenas num quadro privado. O senado de Montevideu aprovou a lei com 16 votos a favor e 13 contra.

Para o senador da maioria de esquerda, Roberto Conde, “o problema do consumo não é provocado pela regulação que estabelece a lei. A lei estabelece esta regulação justamente para evitar as consequências negativas que tem o consumo de marijuana na nossa sociedade.”

Neste país de 3 milhões e trezentos mil habitantes, estima-se que o número de consumidores se situe entre os 128 e os 200 mil. A multidão concentrada diante do parlamento saudou esta lei inédita. “Hoje é um dia histórico, não só para o Uruguai mas também para todo o mundo. O Uruguai é o primeiro país que regula o mercado de marijuana. É uma aposta forte, agora as organizações sociais vão continuar a trabalhar para que a lei seja eficaz” – afirmou um jovem manifestante.

O texto tinha sido aprovado pela câmara baixa do parlamento em julho, mas o tribunal constitucional ainda tem que se pronunciar. O governo do presidente Mujica pretende regular um mercado que é atualmente controlado pelos narcotraficantes.