Última hora

Última hora

África do Sul: Centenas de pessoas frustradas por não poderem ver Nelson Mandela

Em leitura:

África do Sul: Centenas de pessoas frustradas por não poderem ver Nelson Mandela

Tamanho do texto Aa Aa

Na África do Sul foi o segundo dia de câmara ardente do corpo de Nelson Mandela, no edifício da presidência, em Pretória. Centenas de sul-africanos passaram longas horas na fila de espera para um último adeus.

Muitos terminaram o dia bastante frustrados e indignados por não terem conseguido chegar junto ao corpo de Madiba.

“Isto é uma perda de tempo, todas estas pobres pessoas que aguentaram aqui pensando que poderiam ver Madiba. E agora vão não sei para onde e estas centenas de pessoas estiveram aqui a perder tempo”, protesta uma mulher.

Outra, mais paciente, afirma:
“Estamos aqui na fila à espera desde as oito da manhã. Estamos muito frustrados que tenham interrompido a fila mas, por outro lado, estamos satisfeitos, pelo facto de estarmos aqui e estarmos a fazê-lo por Tata. Ele foi muito humilde, muito paciente e a única coisa que podemos fazer é honrar o seu legado de humildade”.

As autoridades não foram poupadas a críticas sobre a falta de água e a não existência de casas de banho.

O governo revela que alguns cidadãos não respeitaram a interdição de fotografar o corpo e pede, num comunicado, que as fotografias sejam apagadas.