Última hora

Última hora

Mandela: milhares prestam homenagem a Madiba

Em leitura:

Mandela: milhares prestam homenagem a Madiba

Tamanho do texto Aa Aa

As ruas de Pretória, na África do sul, encheram-se, mais uma vez, esta quinta-feira, de pessoas que querem prestar homenagem a Nelson Mandela.

O corpo do antigo líder sul-africano vai permanecer em câmara ardente, pelo segundo dia consecutivo, na sede do Governo.

Pela manhã, o carro fúnebre de Madiba, envolto numa bandeira do país, saiu do Hospital Militar de Pretória. Tal como aconteceu ontem, os populares seguiram o cortejo.

Em frente ao caixão de Mandela são vários os líderes políticos mundiais que passam a prestar homenagem, como Raul Castro, o presidente de Cuba, o antigo primeiro-ministro da Malásia, Mahathir Mohamad e o vice-presidente da Venezuela, Jorge Arreaza.

O caixão do herói da luta “anti-apartheid” será, mais uma vez, transferido para o Hospital Militar, no final desta quinta-feira. O mesmo programa será repetido na sexta-feira.

Nelson Mandela morreu na semana passada, a 5 de dezembro, aos 95 anos.

Madiba será sepultado no domingo, numa campa modesta, em Qunu, a aldeia natal, na província do Cabo Oriental.