Última hora

Última hora

Síria: rebeldes compreendem decisão de suspensão da ajuda

Em leitura:

Síria: rebeldes compreendem decisão de suspensão da ajuda

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho Nacional Sírio, braço político da oposição, já reagiu ao anúncio da suspensão da ajuda por parte dos Estados Unidos e Grã-Bretanha afirmando compreender esta decisão.

Na semana passada, armazéns situados no norte do país, próximo à fronteira com a Turquia, foram atacados por rebeldes da Frente Islâmica, grupo que há uma semana abandonou o Exército Livre da Síria, agrupamento que reunia sete dos principais grupos que se opõem ao regime de Bashar al-Assad.

“É compreensível, eles e outros países apenas lidam com o General Selim Idris, representante do Conselho Militar Supremo. Estanos à espera que essa situação se resolva. As conversações estão a decorrer neste momento. Estão a discutir estratégia e planeamento de forma a evitar a repetição de situações idênticas no futuro”, afirmou Khaled Saleh, porta-voz do Conselho Nacional Sírio.

A decisão norte-americana e britânica diz respeito apenas a material não-letal abrangendo uma área particular da Síria, enquanto se determina que tipo de material se encontra nas mãos da Frente Islâmica, grupo ideologicamente mais próximo do radicalismo.

As divisões no seio da oposição rebelde síria ocorrem numa altura em que se prepara para finais de janeiro uma conferência internacional que colocará frente a frente o regime sírio e a oposição.