Última hora

Última hora

Nuclear: iranianos à espera do cumprimento do Acordo de Genebra

Em leitura:

Nuclear: iranianos à espera do cumprimento do Acordo de Genebra

Tamanho do texto Aa Aa

Teerão está expectante depois dos negociadores do Irão terem interrompido, na quinta-feira, as negociações com o Grupo 5+1, que inclui os Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia, China e Alemanha.

O Irão alega que os Estados Unidos violaram o Acordo de Genebra ao sancionarem empresas e indivíduos suspeitos de terem contornado o programa de sanções internacionais contra o país.

Um iraniano afirma que “é possível chegar a um acordo com a condição de que o Grupo 5+1 respeite os compromissos e que não digam uma coisa nas negociações e outra diferente, depois.”

“O nosso ministro dos Negócios Estrangeiros disse que nestas negociações ou todos ganham ou, então, perdem todos!”, exclama outro iraniano.

“Alguns saem da mesquita com uma opinião, outros entram nas lojas, talvez com outra.”

O Acordo de Genebra, firmado em novembro, prevê a não aplicação de novas sanções contra o Irão durante meio ano, em troca da suspensão do desenvolvimento do programa nuclear de Teerão.

Os iranianos esperam uma melhoria das condições de vida.

Este comerciante afirma que “a maioria dos compradores está à espera de uma queda significativa dos preços.”

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou que os Estados Unidos esperam que as conversações sobre a questão nuclear iraniana sejam retomadas nos próximos dias, acrescentando que houve progressos e que são, agora, necessárias consultas.