Última hora

Última hora

A última viagem de Mandela

Em leitura:

A última viagem de Mandela

Tamanho do texto Aa Aa

Antes do enterro, este domingo, em Qunu, milhares de pessoas quiseram prestar uma derradeira homenagem a Nelson Mandela, que esteve em câmara ardente na capital sul-africana, Pretória.

O corpo do homem que libertou a África do Sul do ‘apartheid’ passou a noite na morgue do hospital antes de ser transladado para mais uma cerimónia no aeroporto militar, que precede a última viagem até Qunu, a aldeia na província do Cabo Oriental onde Madiba cresceu e onde será sepultado ao lado da família.

Pelo menos 100 mil pessoas visitaram o velório em Pretória. As homenagens ao primeiro presidente negro da África do Sul multiplicam-se.

Em Mveso, terra natal de Mandela, a missa foi em honra do líder que morreu, na semana passada, aos 95 anos.

Paris também quis prestar uma última homenagem a Mandela e iluminou a torre Eiffel com o nome de um homem que a História jamais poderá esquecer.