Última hora

Em leitura:

Áustria: Como chegar a ministro aos 27 anos


Áustria

Áustria: Como chegar a ministro aos 27 anos

Não tem curso universitário, mas experiência não lhe falta na universidade da política. Aos 27 anos, Sebastian Kurtz vai tornar-se no mais novo ministro dos Negócios Estrangeiros da história da Áustria.

Presidente da juventude do Partido Popular austríaco (OVP) desde 2009, Kurtz foi nomeado secretário de Estado da Integração em 2011 no seio da grande coligação que voltou a chegar a acordo para continuar a governar a Áustria após as legislativas de setembro.

Kurtz vai acumular a integração com a diplomacia, uma pasta até agora nas mãos do seu chefe, o líder dos conservadores, Michael Spindelegger que assume a gestão das Finanças.

Apesar do centro-direita e do centro-esquerda terem alcançado os piores resultados da história, conseguiram assegurar uma curta maioria absoluta que permite ao social-democrata Werner Faymann continuar à frente da chancelaria.

As negociações para reconduzir a coligação foram longas e difíceis, após um escrutínio marcado pela forte ascensão da extrema-direita e o acordo alcançado desiludiu a juventude social-democrata que acusa o chanceler de ter traído os valores do partido para poder continuar a governar.

Quanto a Kurtz, o jovem é a grande esperança dos conservadores para o futuro. Na Áustria, um dos países com a taxa de desemprego mais baixa do mundo, a experiência política parece sobrepor-se ao grau académico quando se trata de dirigir a política externa do país, mas há também há quem considere que a nomeação de Kurtz é o sinal do desespero de um Partido Popular em fase de ocaso político.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

EUA: tiroteio faz feridos em liceu no Colorado