Última hora

Última hora

Egito: Nova constituição referendada em janeiro

Em leitura:

Egito: Nova constituição referendada em janeiro

Tamanho do texto Aa Aa

A nova constituição do Egito vai ser referendada no dias 14 e 15 de Janeiro. O anuncio foi proferido pelo presidente interino egípcio, Adly Mansour, nomeado pelo exército depois da destituição do islamita Mohammed Morsi.

O chefe de Estado apelou à oposição. “Eu apelo à vossa coragem para colocarem de lado a teimosia e obstinação, que todos nós sabemos que teve um custo na segurança e nos interesses do povo, e juntem-se à caminhada nacional e deixem de perseguir miragens e ilusões”, declarou.

Uma assembleia constituinte de 50 membros preparou a nova lei fundamental que agora vai ser submetida ao escrutínio de 50 milhões de egípcios. Entre as principais alterações, está a retirada de artigos de inspiração islâmica numa constituição referendada no ano passado quando Mohammed Morsi ainda estava no poder.

O golpe de Estado originou uma forte contestação popular, em especial dos islamitas, e à violenta repressão dos militares.

A reação da irmandade muçulmana ao referendo ainda é uma incógnita.

A nova constituição reforça a autonomia do já poderoso exército egípcio.