Última hora

Última hora

Síria: manto branco cobre Damasco

Em leitura:

Síria: manto branco cobre Damasco

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do Líbano e da Jordânia a tempestade Alexa cobriu a capital da Síria, Damasco, com um manto branco.

Num país onde o cenário é de guerra, e talvez porque a tempestade não chegou aqui com tanta força como aos países vizinhos, muitas pessoas saíram às ruas para se divertirem. Nahed Kaddah, uma estudante de Damasco, desabafa:

“Estou muito feliz. Espero que a neve traga de volta a felicidade à Síria, algo que não vemos à muito tempo, depois de tanto sofrimento. Espero que a neve possa aliviar a dor das pessoas”.

Mas nem a tempestade é sinal de tréguas em Holms. Nesta cidade, mesmo em condições meteorológicas adversas, continuam os tiroteios.

Já nos campos de refugiados sírios as temperaturas negativas fustigam os que fugiram à guerra. Oum Mohammed está refugiada no Líbano e explica:

“Não tenho cobertores para as crianças, tenho nove filhos e nenhum pode trabalhar, eu vou buscar água, mesmo com a neve, para lavá-los e dar-lhes de beber. Que posso fazer nesta guerra que nos atingiu? Olhe para nós, não temos uma tenda adequada. Queremos tendas, comida para as crianças, como é que eles podem comer e viver com este tempo?”

A tempestade torna mais visíveis as fragilidades de um país onde se luta para superar as dificuldades que mais de nove milhões de pessoas estão a viver.