Última hora

Última hora

Ucrânia: Milhares de manifestantes a favor do presidente em Kiev

Em leitura:

Ucrânia: Milhares de manifestantes a favor do presidente em Kiev

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de semanas de protestos contra o presidente ucraniano e a decisão de recusar um acordo com a União Europeia, apoiantes do chefe de estado surgiram de vários pontos da Ucrânia para demonstrar que Victor Ianukovitch não está sozinho.

Para eles, a ideia de aderir à União Europeia não é assim tão boa. “Porque é que não quero estar com a União Europeia? Porque apenas seremos convidados a estar com eles dentro mais uns 15 anos. Não teremos vistos para entrar. Eles simplesmente vão empurrar os produtos deles para aqui. O bacon polaco, por exemplo, é pior que o ucraniano, como todos sabemos… Não vamos deixar os casais homossexuais adotar as nossas crianças dos orfanatos, porque elas vão olhar para os pais e seguir o exemplo”, argumenta um manifestante pró-Ianukovitch.

Entre a manifestação e a contramanifestação, há quem tenha uma posição moderada. “Se calhar temos que assinar algo com a União Europeia, um acordo para que os nossos produtos possam ser escoados para o outro lado, mas não podemos perder o relacionamento com a Rússia, porque a Rússia, a Ucrânia e a Bielorrússia são da mesma família”, afirma uma senhora.

Para este domingo, está agendada uma grande manifestação de opositores ao presidente. Apesar de ter sido prometido um acordo com os 28, os manifestantes querem ver o compromisso assinado, já que há também uma parceria prometida com a Rússia.

“Estamos a convidar as pessoas para virem para o nosso lado, porque eles levaram uma lavagem cerebral, estão a ser forçados a pensar que… não sei… somos nazis, nacionalistas, que os vamos espancar, que os vamos matar e não é nada assim”, sublinha.

Na última ocasião em que uma manifestação pró-europeia foi convocada, compareceram centenas de milhares de pessoas.