Última hora

Última hora

Bruxelas investiga ajudas públicas a clubes espanhóis

Em leitura:

Bruxelas investiga ajudas públicas a clubes espanhóis

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia abriu uma investigação a sete clubes de futebol espanhóis por alegadas ajudas públicas ilegais.

Os clubes que estão a ser alvo de inquéritos são o Real Madrid, Barcelona, Atlético de Bilbao, Osasuna, Valência, Elche e Hércules.
Mas os motivos são diferentes para cada caso: entre eles estão privilégios fiscais, permuta de terrenos e avales.

O Comissário Europeu para Assuntos Económicos, Joaquín Almunia explicou que “as empresas em dificuldades e que querem receber ajuda estatal têm de ser analisadas, de acordo com determinados parametros, em termos de restruturação e ajuda. Mas em primeiro lugar precisamos olhar para elementos diferentes nesta investigação, depois apresentaremos uma conclusão que deve ser submetida ao colégio de comissários.”

Nos casos do Real Madrid, Barcelona, Athletic e Osasuna, a averiguação prende-se com o facto de estes clubes não terem constituído Sociedades Anónimas Desportivas, retirando daí benefícios fiscais

Bruxelas quer também analisar a permuta de terrenos de que beneficiou o Real Madrid em Valdebebas. Esta operação imobiliária com a autarquia madrilena terá permitido um benefício de vários milhões ao clube.

Em relação ao Valência, Elche e Hércules, a Comissão Europeia pretende analisar as relações entre estes clubes e a Comunidade Valenciana.

Na origem deste processo estão queixas recebidas pela Comissão , algumas delas a partir da Alemanha. Caso se venham a confirmar as suspeitas, os clubes visados serão obrigados a devolver as ajudas de vários milhões de euros.