Última hora

Última hora

Morsi acusado de "conspiração", "espionagem" e "financiamento do terrorismo"

Em leitura:

Morsi acusado de "conspiração", "espionagem" e "financiamento do terrorismo"

Tamanho do texto Aa Aa

Conspiração, espionagem e financiamento do terrorismo fazem parte do novo rol de acusações a que o presidente deposto do Egito, Mohamed Morsi e outros altos dirigentes islamitas vão ter de responder em tribunal.

Morsi e outros 35 acusados, entre os quais o líder da Irmandade Muçulmana, Mohamed Badia e o presidente do Partido Liberdade e Justiça, Saad Katani vão ser julgados por “espionagem a favor de organizações estrangeiras com o objetivo de cometer atos terroristas” no Egito, “financiamento do terrorismo” e “atentado contra a integridade territorial”, segundo o despacho do Ministério Público.

Morsi, que está atualmente a ser julgado por cumplicidade na morte de manifestantes durante um protesto em frente ao palácio presidencial em dezembro do ano passado, tem contado com uma forte mobilização dos islamitas durante o decorrer do processo.