Última hora

Última hora

União Europeia debate defesa e segurança

Em leitura:

União Europeia debate defesa e segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Reunidos em Bruxelas, os líderes dos Estados-membros da União Europeia, centram o discurso num tema que não estava, oficialmente, na agenda: defesa e segurança.

Esta é uma matéria na qual não há consenso entre os 28. A chanceler alemã apelou a uma maior cooperação entre os países europeus nesta questão, mas o primeiro-ministro britânico já deixou claro que não apoia o desenvolvimento de meios militares comuns ainda que seja a favor da cooperação.

Divergências à parte, para a Comissão Europeia este é um setor importante:

“Com cerca de 1,5 milhões de empregos e um volume de negócio de 96 mil milhões de euros, este é um setor que é muito importante para a economia europeia. Mas não só para a economia europeia, como foi dito, e muito bem, na conclusão do Conselho Europeu sobre ‘questões de defesa’”, afirmou Durão Barroso.

Na agenda desta sexta-feira estão os conflitos na Ucrânia, Síria, República Centro-Africana e Irão.

Resta saber como se alcança o consenso sobre todas estas matérias numa Europa divida até em questões como a defesa. Com contradições nas interpretações dos Estados-membros sobre a forma de contribuir para a defesa europeia, parece que há um longo caminho a percorrer antes de se atingir uma frente unida para uma Europa militarmente mais forte.