Última hora

Última hora

Encontro emocionado entre Khodorkovsky e os pais em Berlim

Em leitura:

Encontro emocionado entre Khodorkovsky e os pais em Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois de ter sido libertado, Mikhail Khodorkovsky encontrou-se com os pais, em Berlim. Um momento emotivo depois de uma década de encarceramento que os separou.

Em entrevista a um canal russo de televisão, o antigo magnata do petróleo, falou de uma década longe do mundo mas da oportunidade que teve, nos últimos quatro anos, de receber visitantes durante períodos mais longos. Explica que, de três em três meses, passava noites inteiras na sala de visitas. O restante tempo passava-o em regime prisional, ou seja, sem estas longas visitas. Uma mudança que ocorreu depois de passar um ano e dois meses na prisão de Krasnokamensk e dos dois primeiros anos e meio em Segezha.

O porta-voz do Kremlin afirmou que Khodorkovsky pode regressar à Rússia mas, para já, há questões familiares por resolver, aquelas que o fizeram pedir a Putin a sua libertação. Quanto às inúmeras solicitações o filho, Pavel Khodorkovsky, responde:

“Como podem imaginar, o meu pai está a passar por muita coisa e não pode recebê-los a todos. Mas ele agradece todo o apoio que recebeu, ao longo destes anos, e tem apreço por todas as pessoas que se preocuparam com ele e deram voz à sua história ao longo dos últimos 10 anos.”

Khodorkovsky dará, este domingo, uma conferência de imprensa no “Museu do Muro de Berlim” que a Euronews acompanha, em direto, a partir do meio-dia, hora de Lisboa.