Última hora

Última hora

Khodorkovsky chama atenção para presos políticos na Rússia

Em leitura:

Khodorkovsky chama atenção para presos políticos na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dias depois de ser libertado pelo presidente Vladimir Putin, Mikhail Khodorkovsky diz que não vai lutar pelo poder na Rússia, mas sim pelo fim do cativeiro dos presos políticos.

O antigo oligarca do petróleo russo escolheu o emblemático museu do Checkpoint Charlie de Berlim como palco para a primeira aparição pública.

Khodorkovsky frisou que “continua a haver presos políticos na Rússia. Nem todos estão relacionados com o caso Yukos. É algo para o qual é preciso trabalhar, para que na Rússia ou em qualquer outro país, deixem de haver presos políticos”.

Depois de ter passado mais de uma década na prisão, aquele que chegou a ser o homem mais rico da Rússia antes de, segundo os críticos de Putin, ter sido “silenciado” sob falsas acusações de fraude devido às suas aspirações políticas, garante que não guarda rancor do presidente russo.