Última hora

Última hora

Tailândia: Oposição impede registo de candidaturas

Em leitura:

Tailândia: Oposição impede registo de candidaturas

Tamanho do texto Aa Aa

Os opositores do governo tailandês tentam impedir o registo das candidaturas para as legislativas antecipadas. O executivo de Yingluck Shinawatra convocou um sufrágio para o dia 2 de fevereiro para tentar resolver a crise que estalou em novembro. Cerca de sete mil manifestantes bloqueavam, na segunda-feira de manhã, o estádio onde os candidatos devem registar-se.

“Nós pretendemos reformas políticas antes das eleições, para estabelecer novas regras para o próximo ato eleitoral” – explica um dos participantes no protesto.

O principal partido da oposição, o Partido Democrata, vai boicotar as eleições. Em 2006 também o tinha feito. Os candidatos têm uma semana para formalizar as candidaturas. Alguns partidos prejudicados pelo bloqueio já apresentaram queixa à comissão eleitoral que poderá estender o prazo.

No domingo, mais de 150 mil manifestantes exigiram nas ruas de Banguecoque a demissão imediata da primeira-ministra, irmã de Thaksin Shinawatra, que governava o país em 2006 e que foi derrubado por um golpe de estado.