Última hora

Última hora

Paquistão: audiência de Musharraf adiada por razões de segurança

Em leitura:

Paquistão: audiência de Musharraf adiada por razões de segurança

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira audiência do antigo presidente paquistanês, Pervez Musharraf, foi adiada, esta terça-feira. As autoridades alegaram razões de segurança depois de ter sido encontrado um engenho explosivo numa rua de Islamabade, perto da casa de Musharraf.

A polícia encontrou cinco quilos de explosivos, detonadores e duas pistolas.

Pervez Musharraf deveria comparecer, esta terça-feira, pela primeira vez perante um tribunal especial, determinado pelo Governo do primeiro-ministro Nawaz Sharif. Musharraf está a ser julgado por “alta traição”, um crime punível com pena de morte ou prisão perpétua.

O processo diz respeito à imposição do estado de emergência em 2007, altura em que Musharraf suspendeu a Constituição e o parlamento, afastando os juízes do Supremo Tribunal.

O antigo presidente numa entrevista, na semana passada, implorou perdão ao país e pediu aos Talibãs para não destruírem o Paquistão e para abandonarem o terrorismo.

Pervez Musharraf deve ser ouvido, em tribunal, a 1 de janeiro de 2014.