Última hora

Última hora

Itália começa a evacuar centro de imigrantes de Lampedusa

Em leitura:

Itália começa a evacuar centro de imigrantes de Lampedusa

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades italianas começaram a evacuar esta terça-feira o sobrelotado centro de acolhimento de imigrantes clandestinos de Lampedusa. A medida foi decidida na sequência da vaga de críticas, tanto em Itália como no estrangeiro, sobre as más condições de vida e mesmo maus tratos.

O centro, que inicialmente não devia acolher os imigrantes por um período superior a 48 horas, transformou-se num autêntico campo de refugiados.

A presidente da Câmara de Lampedusa defende que “são precisas mudanças. O parlamento e, sobretudo, o governo italiano precisam de compreender que é necessário trabalhar de forma séria para reformar completamente o modo de acolhimento dos que procuram asilo no país”.

A situação em Lampedusa assumiu contornos particularmente polémicos com a divulgação de imagens de imigrantes despidos face às temperaturas invernais para serem desinfetados. A Comissão Europeia ameaçou mesmo com uma ação na Justiça.