Última hora

Última hora

Turquia: Escândalo de corrupção obriga à demissão dos ministros da Economia e Interior

Em leitura:

Turquia: Escândalo de corrupção obriga à demissão dos ministros da Economia e Interior

Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia demitiram-se, com poucos minutos de intervalo, os ministros da Economia e do Interior do governo de Recep Tayyip Erdogan.

Ambos estão a ser atingidos por um enorme escândalo de corrupção que levou já à detenção de um filho de cada ministro e dezenas de outras pessoas, entre as quais o presidente de um banco público.

Todos são suspeitos de corrupção, fraude e branqueamento de capitais e estão em prisão preventiva.

A remodelação do governo era esperada desde que rebentou o escândalo, há pouco mais de uma semana. Este é um enorme desafio para Recep Tayyip Erdogan, a três meses das eleições municipais.

O primeiro-ministro tem evocado a tese do complô, com origem numa confraria religiosa – que já foi aliada do seu partido, o AKP – e que visa desestabilizar o governo, prometeu no domingo esmagar esta conspiração como esmagou a revolta de Istambul.