Última hora

Última hora

Presidente sul-sudanês ausente das conversações no Quénia

Em leitura:

Presidente sul-sudanês ausente das conversações no Quénia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, não se deslocou esta sexta-feira a Nairóbi para participar numa reunião com vários dirigentes da África oriental. A razão apontada é que o chefe de Estado sul-sudanês recebeu, na quinta-feira, o presidente do Quénia e o primeiro-ministro da Etiópia em Juba, onde “discutiram o que tinham de discutir” – pode ler-se num comunicado emitido pelo governo queniano.

Entretanto, estão a caminho do país mais 6.000 capacetes azuis para reforçar a missão da ONU. A chegada está prevista para sábado. A chefe da missão das Nações Unidas no Sudão do Sul, Hilde Johnson, afirma que a capacidade militar da ONU está atualmente “no limite devido às obrigações de proteção dos civis nos campos de refugiados”. O reforço esperado vai permitir duplicar o número de tropas das Nações Unidas.

Os confrontos no país começaram depois do presidente Kiir ter acusado o antigo vice-presidente Riek Machar de tentar realizar um golpe de Estado. Os dois líderes pertencem a tribos diferentes. O Sudão do Sul obteve a independência há dois anos e tem um subsolo rico em petróleo.