Última hora

Última hora

Sul do Sudão: paz à vista?

Em leitura:

Sul do Sudão: paz à vista?

Tamanho do texto Aa Aa

O governo do Sul do Sudão anunciou estar preparado para um cessar-fogo e vai libertar oito dos onze políticos detidos na sequência de uma alegada tentativa de golpe de estado.

As informações foram confirmadas por um destacado diplomata norte-americano, Donald Booth, enviado especial norte-americano para o Sudão e Sul do Sudão. O diplomata adiantou ainda que o presidente, Salva Kiir, estaria empenhado em terminar o banho de sangue das últimas semanas.

“Estamos empenhados na paz e foi por isso que aceitámos a cessação de hostilidades, na condição de não sermos explorados. Caso se registem abusos, é claro que não vamos permitir a morte de mais cidadãos da República do Sul do Sudão”, afirmou Michael Makuei, ministro da informação do Sul do Sudão.

O anúncio da cessação de hostilidades teve lugar após um encontro com uma delegação composta por diplomatas norte-americanos e europeus.

O antigo vice-presidente do Sul do Sudão, Riek Machar, líder alegado das forças rebeldes, controla algumas regiões do país sendo o seu paradeiro desconhecido.