Última hora

Última hora

Rússia: autoridades reforçam segurança

Em leitura:

Rússia: autoridades reforçam segurança

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades russas já reforçaram a segurança nos aeroportos e terminais de transporte por todo o país.

A medida foi tomada após a explosão este domingo na estação de caminhos de ferro de Volgograd, no sul da Rússia. As autoridades suspeitam que se teria tratado de uma bombista suicida.

Pelo menos 17 pessoas morreram.
A explosão causou pelo menos 36 feridos.

“A potência da explosão foi equivalente a pelo menos 10 quilos de dinamite. O engenho explosivo estava repleto de peças metálicas e a explosão teve lugar junto aos detetores de metais situados à entrada do edifício”, disse Vladimir Markin, Representante do Comité de Investigação.

Entre as vítimas conta-se Dmitri Makovkin, um jovem polícia de 29 anos que impediu o autor do atentado de entrar na área principal da estação.

À excepção da conturbada região do norte do Cáucaso, o atentado desta manhã é o mais grave dos últimos três anos na Rússia e tem lugar quando faltam seis semanas para o início dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi no Mar Negro.

De recordar que em outubro passado uma bombista suicida fez-se explodir num autocarro na mesma cidade causando sete mortos e cerca de três dezenas de feridos.

Em julho passado, o líder rebelde checheno Doku Umarov colocou um vídeo na internet no qual apelou aos militantes para fazerem os possíveis para evitar a realização dos jogos de inverno.