Última hora

Última hora

Israel libertou mais 26 prisioneiros palestinianos

Em leitura:

Israel libertou mais 26 prisioneiros palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Israel libertou esta noite, tal como estava previsto, mais 26 prisioneiros palestinianos.

É mais uma etapa no compromisso assumido pelo Estado hebraico, com vista ao relançamento das negociações de paz sob a égide dos Estados Unidos.

Este é o terceiro grupo de prisioneiros libertados dos quatro previstos no acordo. No total serão libertados 104 palestinianos detidos nas prisões de Israel.

Os prisioneiros originários da Cisjordânia foram recebidos à chegada a Ramallah pelo presidente da Autoridade Palestiniana.

Mahmoud Abbas negociou a libertação destes homens como condição para voltar à mesa das negocições entre israelitas e palestinianos, interrompidas há três anos e impulsionadas, mais uma vez, por Washington.

A festa nos territórios palestinianos contrasta com a frustração de muitos israelitas que vieram para a rua protestar contra a libertação dos palestinianos, feita a pedido, dizem, de Barack Obama.

Israel continua a dar com uma mão e retirar com a outra. Fontes oficiais já garantiram que o governo vai anunciar brevemente planos para a construção de mais 1400 casas, nos colonatos judeus da Cisjordânia.

Os colonatos, que os palestinianos e grande parte da comunidade internacional consideram ilegais, são um dos temas mais espinhosos das negociações entre os dois lados.

As novas casas, segundo ofontes do governo, vão ser construídas em terrenos que Israel tenciona manter quando forem delineadas as fronteiras entre os dois estados.