Última hora

Última hora

Protestos de Ano Novo ao som do hino ucraniano

Em leitura:

Protestos de Ano Novo ao som do hino ucraniano

Tamanho do texto Aa Aa

Na mensagem de Ano Novo, o Presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, diz que 2013 foi o ano mais difícil da história do país desde a independência, em 1991. Apela ao diálogo, ao entendimento e à união: “Com as mesas redondas, com a discussão política e com o diálogo, estamos no caminho do entendimento e da consolidação”.

Mais de 100 mil pessoas concentraram-se
na Praça da Independência, em Kiev, para cantar o hino nacional.

O discurso do líder da oposição ucraniana, Vitaly Klitschko, é confiante neste início de 2014: “Estamos certos que neste ano vamos conseguir mudar a autoridade, implementar mudanças e construir uma equipa. Tal como o como o povo exige, esta equipa vai nomear um candidato único, que vai ganhar as eleições.”

Uma nova sondagem indica que, se as presidenciais acontecessem agora, venceria a oposição. Os protestos no país estende-se há mais de um e as próximas eleições acontecem em 2015.