Última hora

Última hora

Ampliação do Canal do Panamá está em risco

Em leitura:

Ampliação do Canal do Panamá está em risco

Tamanho do texto Aa Aa

As obras de ampliação do Canal do Panamá estão em risco. O consórcio que está a efetuar o alargamento ameaça suspender os trabalhos por 21 dias se a Autoridade do Canal (ACP) não se responsabilizar por 1,2 mil milhões de euros de custos adicionais.

Quatro empresas – a espanhola Sacyr Vallehermoso, a italiana Impregilo, a belga Jan De Nul e a Constructora Urbana SA do Panamá – ganharam o concurso para projetar e construir um terceiro grupo de eclusas no canal, com uma oferta de 2,3 mil milhões de euros em 2009.

Num comunicado, o administrador do Canal, Jorge L. Quijano, diz que vai continuar a pedir às empresas que respeitem o contrato que aceitaram e assinaram, mas o consórcio alega que os custos extra resultaram de “circunstâncias imprevisíveis”.