Última hora

Última hora

Bangladeche: eleições terminam em violência

Em leitura:

Bangladeche: eleições terminam em violência

Tamanho do texto Aa Aa

As assembleias de voto já encerraram no Bangladeche num ato eleitoral marcado pela violência.

A oposição boicotou o escrutínio e a violência esteve presente um pouco por todo o país.

De acordo com a comissão eleitoral, a meio da manhã, pelo menos 149 assembleias de voto tiveram que ser encerradas devido a atos de violência.

A oposição pretende o afastamento da primeira-ministra, Sheikh Hasina, que devia nomear uma administração neutra a fim de supervisionar o ato eleitoral, uma prática utilizada no passado.

A recusa da primeira-ministra significa que as eleições foram contestadas pela Liga Awami, partido no poder, e os seus aliados.

Informações sugerem que pelo menos 18 pessoas teriam morrido em resultado de violência pré-eleitoral.

O boicote declarado pela oposição significa que 153 dos 300 assentos parlamentares permanecem incontestados.

Outras informações sugerem que a afluência às urnas foi igualmente baixa.