Última hora

Última hora

Indignação na Alemanha face a possível nomeação de próximo de Merkel para a Deutsche Bahn

Em leitura:

Indignação na Alemanha face a possível nomeação de próximo de Merkel para a Deutsche Bahn

Tamanho do texto Aa Aa

A eventual nomeação do ex-ministro da chancelaria alemã Ronald Pofalla para a direção da empresa nacional dos caminhos-de-ferro está a alimentar uma viva polémica na Alemanha.

Várias vozes no país criticam a possibilidade, denunciando as práticas de “lobby” e exigindo um “embargo” à passagem direta dos políticos para o mundo empresarial.

Segundo o jornal “Der Spiegel”, uma parte do conselho de vigilância da empresa ferroviária “Deutsche Bahn” também é contra a vinda de Pofalla, um próximo de Angela Merkel que não faz, no entanto, parte da recém formada grande-coligação.

Apesar de não haver confirmação oficial, alguns parlamentares já exigiram que Pofalla renuncie ao cargo de deputado.

Christian Humborg, da organização anti-corrupção “Transparency Deutschland” diz que “é problemático, quando um homem político muda de emprego sem qualquer regra”.

Em 2009, após a derrota face a Merkel, o ex-chanceler Gerhard Schröder também gerou polémica ao passar para um posto de relevo no gigante russo, Gazprom, graças à mediação de Vladimir Putin.