Última hora

Última hora

Turquia: jornalistas manifestam-se por colega desaparecido na Síria

Em leitura:

Turquia: jornalistas manifestam-se por colega desaparecido na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de jornalistas turcos manifestaram-se este sábado em Istambul para denunciar o desaparecimento de dezenas de colegas que cobriam o conflito na Síria.

O mais recente incidente aconteceu no fim de Novembro. Bunyamin Aygun, do jornal “Milliyet”, deslocou-se ao norte da Síria para entrevistar um líder rebelde e desapareceu sem deixar rasto.

Os manifestantes exigem um maior esforço do governo.

O jornalista Can Ertuna diz que atualmente 30 colegas de vários países “estão dados como desaparecidos na Síria. Bunyamin é apenas mais um. Desde o último ano e meio, muitos jornalistas têm medo de ir à Síria, porque já não existe qualquer segurança. Ninguém é capaz de garantir a segurança. Existem na Síria mais de 100 grupos armados ativos. Como ninguém quer lá ir, não há informação objetiva”.

Para além de pôr pressão sobre o executivo para obter a libertação de Bunyamin, os manifestantes apelaram às várias fações sírias para libertarem todos os jornalistas em cativeiro.

Segundo a organização Repórteres Sem Fronteiras, 27 jornalistas perderam a vida na Síria desde o início do conflito, em março de 2011.