Última hora

Última hora

EUA: Frio polar avança para sul

Em leitura:

EUA: Frio polar avança para sul

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos, o centro, o norte e o leste do país estão a ser atingidos por um vórtice polar que fez baixar as temperaturas a níveis inéditos desde há mais de vinte anos.

A vaga de frio vinda do Pólo Norte, já causou cerca de uma dezena de mortes em menos de uma semana.

Combinadas com ventos fortes, as temperaturas vão cair para níveis potencialmente mortais que provocam lesões graves na pele ao fim de alguns minutos de exposição.

“Trata-se de queimaduras de frio. Estamos preocupados com a pele: dedos das mãos e dos pés, orelhas, nariz, etc. A exposição ao frio extremo, provoca o abaixamento da temperatura do corpo e põe a vida em perigo. Pode parar o coração, pode parar a respiração e levar à morte”, disse o doutor Ryan Fey, da Unidade de Queimados do Hennepin County Medical Centre.

Em Chicago, foram instalados centros de acolhimento nos quais todas as pessoas podem aquecer-se.

Mas, segundo várias fontes, o pior está para vir.

É esperado mais frio em Atlanta, no estado da Geórgia, a grande cidade do sul, a 1.200 quilómetros de Chicago, do que na maior cidade do Estado do Alasca, Anchorage.