Última hora

Última hora

EUA: Senado confirma Yellen à frente da FED

Em leitura:

EUA: Senado confirma Yellen à frente da FED

Tamanho do texto Aa Aa

Gosta de caminhar e cozinhar e agora vai tornar-se numa das mulheres mais poderosas do mundo das finanças. O senado norte-americano confirmou Janet Yellen à frente da FED, o banco central norte-americano.

Antiga conselheira do presidente Bill Clinton, Yellen, substitui no cargo Ben Bernanke, de quem foi vice.

O senado aprovou a escolha de Barack Obama com 56 votos a favor e 26 contra. Janet Yellen tem pela frente enormes desafios.

Um deles é reduzir a grande ajuda da FED à maior economia do mundo.

“Ela vai estar a comandar a aterragem a que somos obrigados e vai ter que fazer da forma mais suave possível. Não consigo recordar outro presidente da FED que tenha enfrentado os importantes desafios que ela está agora a enfrentar”, refere o professor assistente da Universidade de Oregon, Mark Thoma.

Desde o início da crise 2008, a FED tem injetado avultadas somas ao circuito financeiro a compra de títulos do tesouro. Mas em Dezembro, a FED decidiu reduzir a ajuda de 85 para 75 mil milhões de dólares, a liquidez injetada no circuito financeiro.

Outro desafio é normalizar a política das taxas de juro, excecionalmente baixas.

Uma prioridade da economista de 67 anos é o emprego, que começa a dar alguns sinais de vitalidade.