Última hora

Última hora

Violência alastra no Iraque

Em leitura:

Violência alastra no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

A violência continua a alastrar, no Iraque. Um suicida deflagrou um camião armadilhado junto do posto de polícia de Koraa, no centro de Kirkuk, 250 km a norte de Bagdade.

A explosão causou, pelo menos, três mortos, entre os quais, um civil, e mais de meia centena de feridos.

Vinte e cinco automóveis, e várias habitações e lojas das imediações foram destruídas, com a deflagração.

Ao todo, em diferentes ataques em diferentes cidades, pelo menos, oito pessoas perderam a vida, no Iraque, esta terça-feira.

Para além de realizarem atentados suicidas, os insurgentes islamitas tomaram, recentemente, o controlo de Ramadi e Fallujah.

É a primeira vez, desde a invasão americana de 2003, que os militantes da Al-Qaida tomam abertamente o controlo de zonas urbanas, no Iraque.

As forças governamentais lançaram um raide aéreo contra Ramadi e dizem ter morto 25 insurgentes e vitimado, igualmente, 4 civis.

E embora o exército esteja a reforçar as suas posições perto de Fallujah, o assalto à cidade não está previsto para já, anunciou o ministério da Defesa iraquiano, que recusa “fazer correr o sangue dos habitantes”.